terça-feira, 20 de março de 2012

RECITAL NA PRAÇA CASTRO ALVES - FOTOS



Eu e Graça Graúna (GG) temos tecido um diálogo que vem desde a nossa participação na Lista de Literatura Indígena, cuja moderação é da professora e escritora Eliane Potiguara, inclusive, ambas são filhas do povo Potiguara (RN).


Desses fios trançados vimos construindo uma teia que nos oportunizou se conhecer pessoalmente em Garanhuns (PE), a seu convite na realização da Oficina de Literatura Indígena, coordenada por ela. Foi mais que brilhante o encontro dos dois parentes e tecedores de fios/letras/amizade – foi com reencontro um fio cósmico que sempre nos uniu e não aonde cada um se encontrava – mas que ambos, cada qual no eu canto sabia que existia outro ente assim: hermano, malungo, kybyra (respectivamente, em: espanhol, em: kimbundo/kikongo e em: tupi) – e que mais cedo ou tarde haveria de ambos se entrelaçar.

Entrelaces e desenlaces à parte – prosseguimos. Na Lista, embora de Literatura Indígena, muit@s afro-brasileir@s por lá interagimos a malungagem. Eu desde os anos setenta que tenho encetado em minha modesta obra de teatro, poesia e artigos, além da participação nos movimentos sociais esse entrelace: amefroindígena – negríndio – indiafro... Essa identificação nos une e cremos bastante numa utopia de que já construímos alianças poderosas no passado e no presente – que não demore – possamos avançar e concretizar semelhanças e dessemelhanças num rosto multidiverso sem se perder a identidade/unidade.

Dias atrás ela me falou de outra oportunidade de nos entrelaçar pessoalmente, já que interagimos via Internet quase que todos os dias ou semanalmente. Apresentou sua proposta e planejamento para sua Universidade de Pernambuco (UPE), em virtude da Disciplina de Literatura Brasileira I – do V Período do Curso de Letras dessa instituição e sob sua orientação e coordenação que se estabeleceu o Recital: De Castro Alves aos Poetas do século XXI: a poesia engajada às lutas pela liberdade, na Praça Castro Alves - Centro Histórico de Salvador (BA), às 10h00 do dia 17.03.2012.

E assim, ante a belííííísima vista de Kirimurê - Baía de Todos os Santos (BTS), a excursão de Pernambuco a Bahia, tem seu ponto alto quando o sol na Praça do Poeta, do Poco como também é do Condor e do Avião - era suficientemente soberano, quase causticante, a poesia a assaltou e amenizou o clima com o talento, a verve, a performance e simplescidade d@s poetas que ali se fizeram presentes, gritando sua paixão à Ela e cantando parabéns ao nosso Poeta Maior! Eram eles e elas:

Ademario Ribeiro
Ailton Silva & Guerra
Douglas de Almeida
Edgar Velame
Edmilson Baraúnas
Francisco Assunção
Jorge Mello
Graça Graúna
Ivan Maia
Lílian Carneiro
Marcos Peralta

Participação especial:Dayvid William & Pedro Afonso. Estudantes visitantes, alunos da Profª Graça Graúna.

Apoio artístico dos poetas presentes.
Apoios decisivos e altruístas na logística: Natalina e Yã Bomfim Ribeiro, Márcia Barbosa, Emilene Moraes, Jorge Salles, Francisco Assunção, Everaldo Augusto, Elza Veiga e Cleide Ferreira.

A tod@s a minha gratidão mais profunda!
AR


Veja mais:
http://ggrauna.blogspot.com.br/2012/03/ciranda-poetica-na-praca-ao-povo-da.html

Créditos das fotos:
Natalina Bomfim Ribeiro & Yã Bomfim Ribeiro

21 comentários:

  1. Camarada... Parabens... Fiquei de água na boca, me sentir como se estivesse lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mano Gil, se tu tivesse ali - muit@s saciariam sua sede diante de tuas cacimbas caatingueiras!

      Excluir
    2. Barbet, querida, você como sempre a nos acolher. Vamos nos manter conectados e grat pela postagem no seu blog Terra Sem Males!

      Beijos e até breve!

      Excluir
    3. Ôi companheir@ (infelizmente não aparece seu nome): muito grato por sua visita e pelo que compreende sobre a cultura e seus desafios em nosso país - onde muitos preferem "gostar" de cultura da boca para fora ou quando querem se aproveitar dela e d@s que a produzem!

      Grande abraço e permaneçamos juntos!!!

      Excluir
    4. Meu querido Ademario,o anonimo sou eu Jailton que infelizmente ñ acertei fazer a postagem de maneira correta pois como sabes ñ domino muito bem essa net,abraços sempre....

      Excluir
    5. Ah! He! Hi! Você domina mais que eu velho! Tá valendo, amigo. Muito grato por sua gentileza!

      Grande abraço!!!

      Excluir
  2. Querido Ademario,
    muito sucesso é o que te espera em todas as tuas empreitadas.
    Ficou tudo muito lindo. Beijos,
    Barbet

    está no blog:
    http://terrasemales.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parabéns a vcs que tem fome de cultura,pois somos um país muito carente da mesma(digo de pessoas persistentes como este grupo)pois com certeza diante de tantas dificuldades e divergências ai estão vencendo barreiras,parabéns mesmo...

    ResponderExcluir
  4. AR - que maravilha! As fotos ilustram a nossa estada relâmpago na Bahia de Castro, na Bahia de Todos os Santos, na Bahia que acolheu o nosso cantar de arapongas errantes. E foi assim durante o dia, em meio a poemas e ao profundo azul do céu e um mar de poesia. Grata por tudo.
    Até a volta e sempre,
    Graça Graúna

    ResponderExcluir
  5. Azuir Disse:

    Um Encontro Extraordinário da nossa Gente.

    Realmente ai é a Praça do Povo.

    Castro Alves tem a Benção de DEUS e todos nossos Poetas estão abençoados com o Poeta da Liberdade.

    Abração Amigo para todos.

    ResponderExcluir
  6. GRANDE Ademário que não é o Coelho mas é o GRANDE Ribeiro, parabéns pela iniciativa dos GRANDES poetas, pensadores e artistas de nossa terra, onde podemos nos tornar "Pernambucahianos"?? abraços de Bôa Sorte

    ResponderExcluir
  7. Grande Guerreiro Ademario, parabéns pela iniciativa. Nossa sociedade precisa de exemplos dessa natureza. A poesia e a boa música revelam a essência da nossa existência. Com elas mais presentes no dia a dia das pessoas, com certeza construiremos um mundo melhor.

    Um grande abraço do amigo se sempre. Gilson Jesus Vieira - Saudações Ver de Trem

    ResponderExcluir
  8. GG, estamos rentes na Caminhada pelo Bem! É uma honra e alegria estar do seu lado. Muito grato a você por sua grandeza e por ser tão humilde - o que permite que eu - simples araponga - possa laçar vôo contigo e entrançar cumplicidades e utopias!

    AZUIR, querido, não esqueço de tua escrita essencial e amorosa para com os personagens barsileiros no Overmundo. Gratidão.

    MOISÉS, amigo da Ação Local - onde o que realizamos sofre as pressões mais deslavadas, desiguais e escamoteadas - o meu carinho eterno por tua acolhida de sempre!

    VER DE TREM (Gilson Viiera) companheiro de tantas lutas - inclusive pela volta do trem de passageiros com suas destaivadas aqui na nossa Região (RM de Salvador) desde 1986. Você é o grande guerreiro junto com Marivaldo!
    Axé, companheiro!

    Gratidão à vocês

    ResponderExcluir
  9. Povo, poetas e mestiçagem cultural. Tinha tudo para ficar bonito, e ficou. Parabéns pela persistência e qualidade dos atos.

    Ary Txay (Salvador-Ba)

    wwww.unidbrasil.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ary é uma alegria e alimento tê-lo por aqui. Viva o Povo, os Poetas, a Mestiçagem e a UNID!!!
    S'imbora, por aqui, por aí e por lá: prosseguir pela Utopia AmerÍndia!

    ResponderExcluir
  11. Ademário, você é pra mim O Grande Cacique dos versos... Respira e exala poesia por todas as artérias que percorre seu corpo plural: Índio/Branco.

    Parabéns a todos vocês!

    Grande abraço meu brother.

    Ivan Lino

    ResponderExcluir
  12. Ivan, querido, grato por sua presença terna nesta oka digital! Você anima noss'alma com sua alma sempre generosa. Tomara que nos encontremos em breve!

    Valeu brother!!!

    ResponderExcluir
  13. Ademário, Xamã, já havia visto estas imagens, mas somente agora tenho tempo para postar, precisamos promover mais eventos como este. Foi gratificante, é sempre muito bom os encontros com a diversidade. Somos muito felizes nas trilhas para Yvy Marã ei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AA, querido confrade, nada como olhar e ver, né? Grato por ter postado a sua iompressão sobre o nosso evento. Sua presença foi brilhante e, vamos combinar novos momentos dentro daquele formato - quer contemos ou não com os órgãos que TÊM GRANA E OBRIGAÇÃO de serem promovedores da ARTE & CULTURA. Nesse mesmo, não teve nenhum apoio de órgãos de governos. Foi uma contribuição das pessoas envolvidas, d@s companheir@s!

      S'imbora, malungo!!!

      Excluir
  14. Claudio Mascarenhas24 de março de 2012 04:07

    Parabens A 10 mario.
    É muito importante constatarmos que apezar da crueza e mesquinharia das lutas atuais, uma parte da nossa tribo, está cuidando para que não percamos a ternura.
    Na política ambiental e urbana, estamos enfrentando um verdadeiro AI 5 AMBIENTAL E URBANO.

    Um forte abraço
    Saudações socioambientalistas
    Cláudio Mascarenhas
    GERMEN-Grupo de Defesa e Promoção Socioambiental
    Coordenador Geral
    gps_claudiomascarenhas@yahoo.com.br
    71-VI-99123100 Ti-92757204 Oi-86178044 Cl-82122263

    ResponderExcluir
  15. Ôi Cláudio, estimado camarada de tantas lutas, salve! Diz a sábia embolada: "Cada qual para o que nasce...". Temos que levar adiante o facho, o recado por onde conseguirmos alcançar. Não somos da nescialidade que emporcalha esse nosso país de suas inúmeras poluições. Nosso "reino" é outro - pela utopia e práxis diária!

    É reatroalimentador ouvir tua voz, saber da sua presença e dessas palavras aqui de encorajamento!

    Fica com a Força!!!

    ResponderExcluir